Widget Image
Secretarias
06/12/2022
HomeSaúdeSecretaria de Saúde prossegue com campanhas de vacinação

Secretaria de Saúde prossegue com campanhas de vacinação

No período de 6 a 11 de junho, a Secretaria Municipal de Saúde prossegue com as campanhas de vacinação contra Influenza, Sarampo e Covid, sendo esta última inclusive com aplicação da segunda dose de reforço (popularmente chamada de 4ª dose) para trabalhadores da saúde e pessoas com 50 anos ou mais, que tenham recebido a primeira dose de reforço (a chamada 3ª dose) há mais de quatro meses.
A vacinação ocorre em todas as Unidades Básicas de Saúde, de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, sendo que a UBS 02 e a UBS 05, localizadas respectivamente no Jardim União e no Rancho Grande, permanecem abertas até às 19h. No sábado (11/06), a vacinação acontece das 8h às 14h, na UBS 02, no Jardim União, e na UBS 05, no Rancho Grande.
Os demais contemplados com a vacinação contra a Covid seguem na listagem abaixo. Neste momento, a segunda dose adicional (4ª dose) da vacina contra a Covid poderá ser feita com Astrazeneca, Pfizer ou Janssen, conforme disponibilidade.
E para o esquema vacinal dos adolescentes de 12 a 17 anos poderão ser utilizadas as vacinas da Pfizer e Coronovac (imunizantes aprovados para esse público pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa), conforme disponibilidade. Para adolescentes imunocomprometidos, apenas a vacina da Pfizer deverá ser utilizada.
Para agilizar o atendimento é importante que o munícipe faça o cadastro no site Vacina Já https://vacinaja.sp.gov.br
Em relação à vacinação contra a Influenza, prorrogada para até 24 de junho, podem receber a vacina pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores da Saúde, crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, povos indígenas, trabalhadores da Educação das escolas públicas e privadas (pessoas que trabalham em escolas como, por exemplo, professores, merendeiras, auxiliares, administrativo), pessoas com deficiência, pessoas com comorbidades, pessoas em situação de rua, forças de segurança e salvamento, forças armadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.
E quanto à Campanha Nacional de Seguimento e de Vacinação contra o Sarampo, também prorrogada para até 24 de junho, trabalhadores da Saúde podem atualizar a situação vacinal e todas as crianças de 6 meses a menores de 5 anos devem receber uma dose da vacina tríplice viral.

Confira quem pode receber a vacina contra a Covid:
1ª dose para crianças a partir de 5 anos
1ª dose para pessoas com 12 a 17 anos
1ª dose para pessoas com 18 anos ou mais
2ª dose para crianças de 5 a 11 anos vacinadas com a 1ª dose de Pfizer pediátrica há mais de 8 semanas
2ª dose para crianças de 6 a 11 anos vacinadas com a 1ª dose de Coronavac há mais de 28 dias
2ª dose para vacinados com a 1ª dose de Astrazeneca (Fiocruz) há mais de 8 semanas
2ª dose para pessoas com 18 anos ou mais vacinadas com a 1ª dose de Pfizer há mais de 21 dias
2ª dose para pessoas de 12 a 17 anos vacinadas com a 1ª dose de Pfizer há mais de 8 semanas
2ª dose para vacinados com a 1ª dose de Coronavac há mais de 28 dias
Dose de reforço para pessoas com 18 anos ou mais que tenham recebido a dose única da Janssen há mais de dois meses
Dose de reforço (3ª dose) para pessoas com 18 anos ou mais que tenham recebido a 2ª dose da vacina Coronavac, Astrazeneca ou Pfizer há mais de quatro meses
Dose de reforço (3ª dose) para adolescentes de 12 a 17 anos que tenham recebido a 2ª dose da vacina há pelo menos 4 meses
Dose de reforço (3ª dose) para imunossuprimidos vacinados com a 2ª dose há mais de 28 dias
2ª dose de reforço (4ª dose) para imunossuprimidos vacinados com a 1ª dose de reforço (3ª dose) há pelo menos 4 meses
2ª dose de reforço (4ª dose) para idosos com mais de 60 anos que tenham recebido a dose adicional (3ª dose) do imunizante há mais de 4 meses
2ª dose de reforço (4ª dose) para trabalhadores da saúde que tenham recebido a dose adicional (3ª dose) do imunizante há mais de 4 meses
2ª dose de reforço (4ª dose) para pessoas com 50 anos ou mais que tenham recebido a dose adicional (3ª dose) do imunizante há mais de 4 meses