Widget Image
Secretarias
05/08/2021
HomeSaúdePrefeitura de Itu realiza II Conferência de Combate a Dengue

Prefeitura de Itu realiza II Conferência de Combate a Dengue

Nos dias 22 e 23 de julho, profissionais da Secretaria da Saúde de Itu e representantes de serviços de saúde particulares do município estiveram reunidos, no auditório do Centro de Formação de Professores, no Paço Municipal, quando foi realizada a II Conferência Municipal de Combate a Dengue.

O vice-prefeito Neto Beluci, que representou o prefeito Antonio Tuíze, o secretário municipal da Saúde, Manoel Monteiro, a assistente técnica 1 do Centro de Desenvolvimento e Qualificação (CDQ) para o Sistema Único de Saúde (SUS), Cláudia Maria Kraus Alves Lima, a articuladora da Atenção Básica do Departamento Regional de Saúde (DRS) de Sorocaba, Iris J. Silva Furtado de Mendonça, e a diretora regional do Serviço Regional da Sucen de Sorocaba (SR4), Sueli Yasumaro Diaz prestigiaram o evento.

Durante seu discurso, o vice-prefeito ressaltou que o combate a dengue em Itu é resultado de muito trabalho, esforço e profissionalismo. O secretário municipal da Saúde agradeceu o comprometimento da equipe que trabalha de forma contínua no combate a dengue. Cláudia Maria parabenizou a gestão humanizada e participativa, bem como o trabalho de toda a equipe na organização e execução do evento.

Os profissionais assistiram à palestra ministrada pela diretora regional do Serviço Regional da Sucen de Sorocaba, Sueli Yasumaro Diaz, sobre “Dengue-Chikungunya-Zika Vírus – perspectivas de organização para 2015-016”. Também tiveram uma devolutiva sobre o trabalho realizado pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Pronto Atendimento Municipais (PAMs) que, mesmo com registro de casos de dengue grave, conseguiu evitar o registro de óbito no município.

Essa apresentação ficou a cargo do agente fiscal sanitário que atua na área de processamento de dados do serviço de Controle de Vetores da Secretaria da Saúde de Itu e também integra o Núcleo de Educação Permanente e Humanização (Neph), Claussius Celsius Cardoso, que abordou o trabalho realizado pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Pronto Antendimento Municipais (PAM). Houve ainda dinâmicas de grupo e discussões sobre os seguintes temas: identificação e notificação de casos suspeitos, acolhimento e acompanhamento, e informação e comunicação.

Esse encontro entre os profissionais que atuam diretamente com o usuário é fundamental para avaliação do trabalho realizado e planejamento de ações futuras no combate a dengue. A estratégia é discutir dengue inclusive no período interepidêmico (de julho a dezembro), quando o registro de casos da doença diminui, mas não acaba.

O trabalho deve preceder o período epidêmico (de janeiro a maio), quando os profissionais se concentram em ações de eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti (transmissor da dengue), de busca de casos suspeitos e acompanhamento de casos confirmados da doença.

Texto e fotos: Angélica Estrada/Prefeitura de Itu