Widget Image
Secretarias
16/07/2024
HomeNotíciasCampanha de vacinação contra a gripe tem início na segunda-feira

Campanha de vacinação contra a gripe tem início na segunda-feira

Imagem mostra a fachada da UBS 08, um dos locais disponíveis para vacinação.

A campanha nacional de vacinação contra a gripe (Influenza) terá início na segunda-feira (25/03), em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), das 7h às 17h, sendo que a UBS 02 (Jardim União) e a UBS 05 (Rancho Grande) permanecem abertas até as 19h. A campanha se estenderá até 31 de maio, sendo 13 de abril o dia D de Divulgação e Mobilização Nacional.

Os grupos contemplados nesse período são: crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), trabalhador da saúde (trabalhadores de saúde dos serviços públicos e privados, nos diferentes níveis de complexidade, conforme definição do Ministério da Saúde), gestantes, puérperas (mulheres no período até 45 dias após o parto), professores e trabalhadores de instituição de ensino básico a superior, povos indígenas, povos e comunidades tradicionais quilombolas, indivíduos com 60 anos ou mais de idade, profissionais das forças de segurança e salvamento, profissionais das Forças Armadas, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independentemente da idade (conforme definição do Ministério da Saúde), pessoas com deficiência permanente (conforme definição do Ministério da Saúde), caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário para passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, pessoas em situação de rua.

Em sua 26ª edição, a campanha tem como objetivos reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus influenza na população-alvo para a vacinação.

SintomasA infecção por influenza normalmente se manifesta como síndrome gripal, que se caracteriza pelo aparecimento súbito de febre, cefaleia, dores musculares (mialgia), tosse, dor de garganta e fadiga. A febre é o sintoma mais importante e dura em torno de três dias. Os sintomas respiratórios como a tosse e outros se tornam mais evidentes com a progressão da doença e mantêm-se em geral de três a cinco dias após o desaparecimento da febre.

Nos casos mais graves, geralmente, existe dificuldade respiratória e há necessidade de hospitalização. Em situações em que ocorre agravamento dos casos, estes podem evoluir para a Síndrome Respiratória Aguda Grave ou mesmo óbito.