Widget Image
Secretarias
21/02/2020
HomeSaúdeServiço odontológico da Prefeitura aumenta o número de entregas de próteses dentárias

Serviço odontológico da Prefeitura aumenta o número de entregas de próteses dentárias

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou a ampliação da oferta de 60 para 80 próteses por mês, em média

A média de próteses entregues pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, aumentou de 60 para 80/mês desde o início deste ano. Na última quarta-feira (05/02), o prefeito Guilherme Gazzola e a secretária da referida pasta, Janaina Guerino de Camargo, estiveram no serviço de Prótese, que funciona no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), para conferir pessoalmente a entrega de algumas próteses.
Esse serviço é destinado às pessoas que necessitam de próteses totais (dentadura) ou próteses parciais (quando o paciente possui alguns dentes). Os pacientes são avaliados por dentistas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e, quando há necessidade de instalação de prótese, encaminhados para essa especialidade odontológica.
A instalação de próteses bucais permite que o paciente recupere a capacidade de se alimentar de forma adequada, além de devolver a estética do sorriso e a harmonia facial para a pessoa que não se sente bem com a ausência dos dentes. Outro benefício é que a prótese permite que o paciente conviva socialmente e comunique-se de forma efetiva, melhorando então a qualidade de vida como um todo.
Edite Maria de Souza já usava prótese, mas pela primeira vez utilizou o serviço oferecido pela Prefeitura. Ela recebeu a informação sobre o serviço de prótese na UBS. “Não acreditei que era de graça, mas vim aqui para ver. O atendimento é muito bom, não fica devendo nada para o particular. Eu indico para as pessoas”, comentou.
Ela ressaltou ainda que os profissionais que atuam no local são atenciosos e carinhosos. “Estou muito satisfeita, porque fui muito bem atendida”, finalizou após receber próteses superior e inferior. O atendimento recebido também foi elogiado pelas pacientes Maria Aparecida Romancini da Silva e Rita Petronilha da Silveira.
Maria Aparecida trocou a prótese superior, que antigamente fazia no serviço particular, e colocou a prótese inferior. Rita optou pelo serviço para trocar tanto a prótese superior quanto a inferior, que há alguns anos fez pelo serviço particular.  “Têm pessoas que não sabem e eu falo que tem aqui (referindo-se ao serviço de prótese); eles atendem muito bem e é rápido para fazer”, ressaltou Rita, cuja filha também já utilizou o serviço.
Em média, são necessários aproximadamente 3 meses para a confecção da prótese final e entrega da mesma ao paciente.