Widget Image
Secretarias
15/04/2024
HomeNotíciasProfissionais da educação recebem treinamento sobre técnicas de desengasgo

Profissionais da educação recebem treinamento sobre técnicas de desengasgo

Os profissionais que atuam na rede de educação infantil de Itu, formada por creches e escolas municipais de educação infantil (Emeis), receberam treinamento sobre técnicas de desengasgo em bebês e crianças. O treinamento foi promovido por meio de parceria entre as Secretarias Municipais de Saúde e Educação e ministrado pela equipe do serviço de 192 local (responsável por atender ocorrências de urgência e emergência), que é administrado pela Sociedade Brasileira Caminho de Damasco (SCBD).

“Essa iniciativa salva vidas e é de extrema necessidade para os profissionais que atuam em nossas creches e Emeis. Além de atender a um pedido do prefeito Guilherme Gazzola e de ir ao encontro do que prevê a Lei Lucas (que obriga escolas e espaços de recreação infantil a se prepararem para atendimentos de primeiros socorros), essa é mais uma demonstração do respeito e preocupação que o governo municipal tem para com a primeira infância”, comenta a secretária municipal de Saúde, Janaina Guerino de Camargo.

A ação foi dividida em duas etapas. Na primeira, realizada entre os meses de junho e julho, equipes do 192 atenderam 20 creches municipais e promoveram o treinamento para 565 pessoas com atuação no cuidado e atenção aos bebês. Na segunda etapa, ocorrida em julho e agosto, a técnica foi transmitida para 18 escolas municipais de ensino infantil, totalizando treinamento para 560 pessoas envolvendo educadores, gestores, entre outros profissionais.

De acordo com a supervisora de enfermagem do 192, Eva Vilma, quanto mais rápido for o atendimento e o uso correto da técnica nos casos de engasgos em crianças, maior é a chance de sobrevivência. “Estamos falando dos primeiros dois minutos de engasgo que são cruciais para evitar a asfixia mecânica, quando há a obstrução da passagem de ar pelas vias respiratórias até os pulmões”, explica.

No treinamento do serviço 192 de Itu é realizada a apresentação das técnicas e manobras para tirar o bebê e ou a criança do engasgo. A equipe responsável pela transmissão das técnicas aos profissionais de ensino é composta por enfermeiros, técnicos de enfermagem e condutores socorristas do 192, que são acompanhados por Eva e pelo supervisor de frotas, Eduardo Anderson.

“Orientamos que durante o engasgo de um bebê ou criança é importante que, enquanto uma pessoa está aplicando a manobra do desengasgo, outra deve acionar o serviço do 192 imediatamente. São duas frentes de trabalho, ensinar as técnicas adequadas a esses profissionais e também demonstrar que eles podem ser a primeira chance de sobrevivência de uma criança”, comenta Eva.

Ela destaca ainda que o treinamento tem surtido efeito e, inclusive, há relatos de profissionais de creches que já utilizaram das técnicas, evitando possíveis complicações em decorrência de engasgamentos.

Lei Lucas

A Lei Lucas foi sancionada em 4 de outubro de 2018 tem como base um acidente que envolveu Lucas Begalli, uma criança de 10 anos que faleceu durante um passeio escolar por asfixia mecânica. O caso ocorreu em Campinas, em setembro de 2017, após a criança se engasgar com um cachorro-quente servido durante a excursão.