Widget Image
Secretarias
19/05/2022
HomeCulturaRestauro do Cruzeiro Franciscano chega a etapa final

Restauro do Cruzeiro Franciscano chega a etapa final

Após quase um ano e meio, profissionais já resgataram muito de suas qualidades físicas e estéticas

A Prefeitura Municipal da Estância Turística de Itu, por meio da Secretaria de Cultura e do Patrimônio Histórico iniciou os trabalhos para a etapa final do restauro do Cruzeiro Franciscano, localizado na Praça Dom Pedro I, no Centro Histórico.
Após aproximadamente um ano e meio, e mesmo com todos os desafios técnicos e imprevistos que surgiram neste período, como as restrições impostas pela pandemia da COVID-19, que muito atrasaram os trabalhos, os profissionais já resgataram muito das suas qualidades físicas e estéticas, podendo assim ser devolvido à apreciação dos munícipes e também dos turistas que chegam a Itu.

Com seus 230 anos, permanecendo exposto ao relento, este Cruzeiro, que é o mais do alto do país, foi construído com pedras bastante frágeis – arenito e varvito – além de serem pouco conhecidas como matérias de construção. Vale lembrar que não há nenhum registro específico de sua construção, ignorando assim como foi feito e erguido pelo mestre Thebas e seus ajudantes.
Diante disso, a Prefeitura angariou um grande apoio técnico de várias especialidades da ciência, que juntas forneceram subsídios científicos para os melhores resultados possíveis para este empreendimento que contém pouquíssimos precedentes no Brasil e nenhum no Estado de São Paulo. Durante todo trabalho que foi realizado de forma minuciosa, os técnicos encontraram várias informações que até então estavam ocultas nas pedras, as quais exigiram constantes adequações para serem solucionadas. Desta forma, contando com a participação de vários especialistas, o trabalho evoluiu satisfatoriamente neste importante marco da história do Brasil.

Para a responsável da pasta, Maitê Velho, avançar para etapa final do restauro é um momento muito importante. “A quantidade de informações obtidas durante todo o processo de restauro torna essa etapa final muito importante, fazendo disso um canteiro escola, o qual será repassado para nossas crianças na Educação Patrimonial”, explica.
Assim, após o longo trabalho que vem sendo realizado de tratamento da superfície da pedra, que envolveu correções de trabalhos feitos há anos, com técnicas que se tornaram hoje obsoletas, e a aplicação de materiais e técnicas contemporâneas, o Cruzeiro Franciscano de Itu receberá permanentemente o trabalho de conservação, assim como outras providências ambiciosas e mais inovações tecnológicas de outras naturezas, seguindo o espírito empreendedor da cidade.

Restauro
Com início do restauro em janeiro de 2021, o Cruzeiro Franciscano é o único elemento que restou do conjunto arquitetônico franciscano do final do século XVIII.  A realização do trabalho se deu após verba conquistada junto ao Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID). Desde então, foram realizadas pesquisas arqueológicas em todo seu entorno, através de escaneamento por radar, onde foram encontrados objetos logo abaixo do solo, podendo ser partes remanescentes do Cruzeiro, vestígios de tribos indígenas ou ainda remanescentes da Itu antiga.