Widget Image
Secretarias
07/12/2019
HomeGestões AnterioresRua Sete de Abril será interditada para obra de canalização

Rua Sete de Abril será interditada para obra de canalização

O motivo é a reconstrução da ponte sobre o Córrego Brochado, incluso na maior obra de manejo de águas pluviais do país

O trecho final da Rua Sete de Abril, localizado entre a Rua Lídia de Souza Gatti e a Avenida Galileu Bicudo na Vila Gatti, será interditado a partir da próxima segunda-feira (27/04). O motivo é a reconstrução da ponte sobre o Córrego Brochado que está sendo canalizado.

Segundo a Secretaria de Obras e Serviços Viários, esta interdição deverá durar 60 dias e durante este período o tráfego entre a Avenida Galileu Bicudo e a Vila Gatti poderá ser feito através das Ruas Francisco Nardy Filho ou pela Rua 21 de Abril, trecho ao lado do Colégio Forte Castelo.

Para amenizar os transtornos que a obra deve gerar, a Prefeitura de Itu construiu uma passagem provisória sobre o Córrego Brochado, localizada no início da Rua Dr. José Elias, liberando apenas o acesso de pedestres à Avenida Galileu Bicudo.

Córrego Guaraú

Simultaneamente, a obra de canalização do Córrego Guaraú avança no trecho localizado após a sede da Semsur (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e Rurais). A previsão é de que no próximo mês, este córrego já esteja 100% canalizado se igualando à realidade do Córrego Taboão.

Benefícios

A obra de canalização dos córregos urbanos de Itu (Guaraú, Taboão e Brochado) é considerada a maior obra de manejo de águas pluviais do país, com investimentos de aproximadamente R$ 95 milhões, por meio do PAC 2 (Plano de Aceleração e Crescimento).

Quando concluído, o empreendimento resultará em quase 10 quilômetros de córregos canalizados. Alguns trechos dos córregos serão contornados por um parque linear com pistas de caminhada, ciclovia, arborização e paisagismo e 80 mil mudas de árvores serão plantadas em toda a cidade.

Texto: Daniel Assis de Alcântara
Fotos: Jorge de Souza / Prefeitura de Itu

(23/04/15)