Widget Image
Secretarias
27/05/2020
HomeSaúdePrefeitura realiza testagem em todas as clínicas de longa permanência em Itu

Prefeitura realiza testagem em todas as clínicas de longa permanência em Itu

Como mais uma medida no combate à pandemia de coronavírus na cidade, o prefeito Guilherme Gazzola determinou a testagem para Covid-19 de internos e funcionários de todas as clínicas de longa permanência existentes em Itu. A testagem teve início nesta semana e contemplou o Lar da Vila Vicentina e o Lar Nossa Senhora da Candelária, ambas unidades beneficentes.
Nas duas instituições foram testadas 134 pessoas, entre internos e colaboradores, e todos os resultados foram negativos para Covid-19. A testagem seguirá nos próximos dias em mais cinco clínicas particulares de longa permanência.
“Infelizmente sabemos que a transmissão por coronavírus é muito rápida e que as taxas de letalidade entre idosos são altas. Portanto, diante do lamentável caso que envolveu uma clínica em Itu, entendo ser de extrema necessidade nos anteciparmos e testarmos tanto internos quanto funcionários das demais instituições desse segmento no município”, ressaltou o prefeito Guilherme Gazzola.

CASOS CONFIRMADOS

No início da pandemia, todas as clínicas de longa permanência do município de Itu foram visitadas pela Vigilância Sanitária e informadas a respeito dos protocolos de higiene necessários para prevenção e combate ao coronavírus.
Com o registro do primeiro óbito de paciente em clínica particular, houve vistoria por parte da Vigilância Sanitária e investigação da Vigilância Epidemiológica locais, seguida de intervenção. A Secretaria Municipal de Saúde enviou equipes da Vigilância Epidemiológica e da Vigilância Sanitária ao local, tomando todas as providências cabíveis diante do ocorrido. Desde então, monitora a rotina da clínica quanto ao cumprimento das exigências sanitárias.
Os resultados da testagem de 62 pessoas (entre internos e colaboradores) na referida clínica apontou que 100% dos internos foram contaminados. Além desses 40 idosos, houve a contaminação de 9 colaboradores da instituição. Dos idosos infectados, 8 foram a óbito.