Widget Image
Secretarias
04/10/2022
HomeCulturaItu implanta Educação Patrimonial para alunos do Ensino Fundamental

Itu implanta Educação Patrimonial para alunos do Ensino Fundamental

No total, 25 unidades escolares do município terão acesso ao material que conta a história de Itu

Na manhã desta segunda-feira (15/08), o prefeito Guilherme Gazzola esteve na unidade II da Rede Saber, localizada na Escola Convenção, acompanhando o lançamento do material de Educação Patrimonial, que passa a fazer parte da grade curricular das escolas municipais de Itu. A partir de setembro deste ano, alunos do 3º ao 5º ano do Ensino Fundamental I passam a contar com o tema de Educação Patrimonial, que será abordado durante as aulas de artes, uma vez por semana, tendo por objetivo desenvolver o censo de pertencimento e identidade aos estudantes.

O projeto, idealizado pela Prefeitura de Itu, através de uma parceria inédita entre a Secretaria de Cultura e Patrimônio Histórico com a de Educação, é pioneiro no país e surgiu após o início do restauro que vem sendo realizado no Cruzeiro Franciscano, presente no Centro Histórico, que inclusive entrou na sua etapa final em maio deste ano.

Com isso, cerca de seis mil alunos, de 25 unidades escolares do município, terão acesso a todo material que conta toda a história de Itu. Além de aprender em sala de aula, os alunos terão a oportunidade de conhecer os locais estudados.

Para o prefeito, abordar o tema que traz a história da cidade é fundamental. “O importante é ir além da matéria que se aprende em sala de aula, é ir ao local, conhecer, saber da existência e ter um contato direto com cada patrimônio de Itu”, afirmou Guilherme.

Além do prefeito, estiveram presentes também no lançamento, a secretária de Cultura e Patrimônio Histórico, Maitê Velho, o secretário de Educação, Plínio Bernardi Jr., o secretário de Administração, Lucas André Netto Cardoso, gestores e alunos da Rede Saber II.

Formação
Para abordar o tema Educação Patrimonial nas escolas, cerca de 40 professores passaram, desde agosto de 2021, por formação e estudo em todo eixo histórico, conduzidos pela equipe da Secretaria de Cultura.

Além disso, o Centro Ituano de Letras e Línguas (Cila) montou um espaço com todos os materiais disponíveis para que os professores possam sempre aprimorar o conteúdo ministrado nas aulas.