Widget Image
Secretarias
11/08/2022
HomeMeio AmbienteBioeconomia Itu 2022 reúne empresários locais e técnicos da Green Rio

Bioeconomia Itu 2022 reúne empresários locais e técnicos da Green Rio

O objetivo do encontro foi o de aprimorar o conhecimento sobre a também chamada economia sustentável

Na última terça-feira (02/08), o prefeito Guilherme Gazzola e a secretária municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Veronica Sabatino, conduziram o encontro Bioeconomia Itu 2022, realizado no auditório da Guarany. O objetivo foi o de aprimorar o conhecimento sobre o tema, dado que, boa parte dos empresários participantes já contribuem com a responsabilidade social, econômica e ambiental na cidade.

A presidente da Guarany, Alida Bellandi, o presidente da Matarazzo Holding, Andrea Matarazzo, o partner da Troster Associados, Roberto Luis Troster, a assessora da presidência da agência Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), Josilene Vannuzini, além de representantes da Starrett, Heineken, Gandini, Rotary Itu Terras e do Instituto Bubonem, estiveram entre os presentes.

Para o prefeito “esse tema é de extrema importância, frente às mudanças climáticas que vêm ocorrendo em ritmo mais acelerado do que se esperava”. “A bioeconomia é um assunto que muitos gostam de falar, mas poucos têm a coragem de realizar”, afirmou Guilherme.

A reunião contou ainda com a presença da equipe técnica da Green Rio, composta pelo project chief, Álvaro Werneck, pelos professores da UFRJ, Flávia Chaves, José Vitor e Fábio de Almeida e pela CEO, Maria Beatriz Blay, que destacou a bioeconomia em Itu como “um divisor de águas, que pode ser catalisador para que outros municípios sigam o exemplo”.

Visitas técnicas
Além de participarem do encontro, os consultores da Green Rio, empresa licitada para desenvolver o projeto de bioeconomia em Itu, passaram três dias realizando visitas técnicas em locais urbanos e rurais que já realizam o que também se conhece como economia sustentável, que pratica o consumo consciente, em equilíbrio ao meio ambiente e recursos naturais.

As vistorias, realizadas na Starrett, Guarany e nas Fazendas Limoeiro, Água Branca e Capoava, fazem parte da primeira etapa, que visa o mapeamento e a construção de um banco de dados das ofertas e demandas (reais/potenciais) nas áreas industrial, agrícola e serviço público.