Widget Image
Secretarias
01/07/2022
HomeSegurançaDefesa Civil prossegue com “Operação Estiagem”

Defesa Civil prossegue com “Operação Estiagem”

Ocorrências de fogo em mata são corriqueiras no período de estiagem, apesar da prática ser considerada crime ambiental com pena de multa e prisão

A Secretaria Municipal de Segurança, Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana e Rural, por meio da Defesa Civil de Itu iniciou no dia 1 de maio a “Operação Estiagem”. O objetivo é conscientizar a população sobre queimadas, além de coibir a prática durante o período de tempo seco.

A Operação segue até o dia 30 de setembro, e deve abranger a sociedade através da distribuição de panfletos, divulgação de vídeos educativos, palestras e comunicação especial com segmentos da Educação Infantil, contando com o apoio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

Ocorrências de fogo em mata são corriqueiras no período de estiagem, apesar da prática ser considerada crime ambiental com pena de multa e prisão. “Nesse momento, é muito importante o apoio da população para garantir a integridade das áreas verdes e florestas de Itu. Essa preservação reflete diretamente em nossa qualidade de vida. Atear fogo em mata também é crime previsto em Lei e Decreto Municipal”, explica o diretor de Proteção e Defesa Civil, Paulo Guerreiro.

Desde o início da operação, a Defesa Civil já registrou 13 situações, entre ocorrência, advertência e também multas das denúncias feitas a Secretaria de meio Ambiente. Em 2021, durante toda a operação foram registrados 83 focos de incêndio. Ainda segundo a Defesa Civil, o mês de agosto é considerado o mais crítico durante o período de estiagem.

As principais causas de fogo em mata, registradas pelo Corpo de Bombeiros, são as bitucas de cigarro lançadas em rodovias, a queima de lixo, a queima não controlada em pastos e canaviais sem aceiro, queima de resíduos após limpeza de terrenos, fogueiras e queda de balões. “Pedimos a colaboração de todos para reforçar os perigos causados por incêndios na mata aos moradores do entorno e à natureza como um todo. Na época da estiagem o ar seco e os fortes ventos contribuem para o alastramento dos focos de incêndio”, ressalta. “Denuncie essa prática criminosa e, caso aviste fumaça ou fogo contate imediatamente a Defesa Civil através do telefone 199 ou o Corpo de Bombeiros através do telefone 193”, alerta Guerreiro.