Widget Image
Secretarias
19/04/2024
HomeCulturaMostra traz reflexão sobre a vida de pessoas com hanseníase

Mostra traz reflexão sobre a vida de pessoas com hanseníase

Imagem mostra a capa do folder de divulgação para a exposição a Cerejeira e a rosa, que retrata reflexão sobre a vida de pessoas com hanseníase

A mostra tem por objetivo retratar a vivência de pessoas com hanseníase em aspectos como o ensino, a cultura e a arte, buscando combater o preconceito

A partir do dia 25 de outubro, a Prefeitura de Itu recebe a exposição “A Cerejeira não é Rosa – vivência poética no Asilo-Colônia Pirapitingui”, uma mostra que traz à tona o isolamento vivido no passado por pessoas com hanseníase. A visitação ocorre no saguão do Paço Municipal, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, até o dia 25 de novembro.

As fotos e vídeos da exposição foram captadas por Flávio Torres em um espaço considerado um dos mais importantes do Estado de São Paulo, que iniciou suas atividades em 1931 e passou a atender pessoas com a doença. A mostra tem por objetivo retratar a vivência de pessoas com hanseníase em aspectos como o ensino, a cultura e a arte, combatendo o preconceito quanto a uma doença que ainda existe nos dias atuais.

A iniciativa visa ainda promover reflexões sobre o tema, por meio de relatos marcantes de pessoas que tiveram suas vidas mudadas pela hanseníase em um período no qual não se havia tratamento, se tornando alvos de repulsa, sendo, por muitas vezes, rejeitadas por suas próprias famílias.

A curadoria é de Tânia Lima Barreiro, com pesquisa de Renata Gava, montagem de Esdras Casarini e expografia de Rodrigo Santos. A exposição é um projeto contemplado pelo Programa de Ação Cultural (ProAC), realizado pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas e Engenho Cultural com a apoio da Prefeitura de Itu, por meio da Secretaria de Cultura e Patrimônio Histórico.