Widget Image
Secretarias
22/05/2024
HomeCulturaItu recebe Circuito Sesc de Artes 2024 no dia 21

Itu recebe Circuito Sesc de Artes 2024 no dia 21

Itu está entre as 122 cidades de São Paulo que receberão a programação artística

O Circuito Sesc de Artes 2024 passará em Itu no próximo dia 21 (domingo), oferecendo uma programação variada das 15h às 19h, na Praça Padre Miguel (Matriz). Arte na rua para todas as pessoas. Esse é o propósito do Circuito Sesc de Artes, que traz uma extensa programação nas áreas de música, teatro, dança, circo, cinema, literatura, artes visuais e tecnologias para a edição 2024.

Além de Itu, o Circuito Sesc percorrá ruas, praças e parques de 122 municípios paulistas, que vão receber 75 trabalhos artísticos, entre espetáculos, intervenções, mediações de leitura, oficinas e vivências. Tudo gratuito, com acesso livre e para todos os públicos. Realizado pelo Sesc São Paulo em parceria com prefeituras municipais e sindicatos do comércio de bens, serviços e turismo locais, o Circuito ocupa espaços públicos que tradicionalmente são pontos de encontro no município.

O evento é um convite à população para desfrutar de um dia diferente e vivenciar novas experiências. Quem está de passagem, pára e aproveita. E quem mora nas redondezas, também se junta à plateia. Em todo o estado, serão mais de 760 atividades em cerca de 480 horas de programação. Para Luiz Deoclecio Massaro Galina, diretor regional do Sesc São Paulo, “O Circuito Sesc de Artes é uma iniciativa que proporciona novas trajetórias e roteiros, conectando residentes e visitantes e promovendo a sensação de pertencimento nas praças e espaços públicos”. Galina reflete que “essa experiência é essencial para fortalecer laços comunitários, visando democratizar o acesso cultural para mais pessoas”.

A programação é o resultado do olhar atento de uma curadoria coletiva formada pelas equipes das 22 unidades do Sesc responsáveis pela produção e organização do Circuito. A escolha das atrações partiu de premissas como a diversidade, pluralidade e a representatividade. A cultura popular também está muito presente. Outro aspecto importante é a valorização da produção local. Em 2024, cerca de metade das atrações são oriundas do interior e litoral.

O Circuito é bem abrangente e acontece em diferentes territórios. O intuito é estender o alcance da ação do Sesc para além das cidades que contam com unidades da instituição. O projeto tem como marca a pluralidade e por promover a circulação das atividades artísticas em todo o estado de São Paulo. Ao mobilizar trabalhos de diversas áreas e envolver centenas de profissionais, o projeto busca movimentar a cultura e economia criativa local.

– Programação:

Música
Releituras originais e irreverentes de grandes sucessos dançantes da música brasileira formam o repertório de Baile da Samucagem, apresentação liderada pelo vocalista Samuel Samuca, da banda Samuca e a Selva. Em uma festa que celebra a diversidade da cultura de pista, o grupo de instrumentistas toca clássicos do brega e da MPB, hits da Bahia dos anos 1990 e canções de artistas como Tim Maia, Jorge Benjor, entre outros. E entre uma atração e outra, quem comanda as pickups para manter a animação do público é a DJ Brandini. Há quatro anos, a DJ, poeta e orientadora social leva um show repleto de hip hop para casas de Sorocaba e São Paulo. Do comercial ao alternativo, gosta de estabelecer a base de seu setlist empoderado com canções de mulheres e artistas independentes. Com muita presença de palco e desenvoltura diante do público, transforma o local da performance em uma representação de sua essência.

Circo
Para explicar ao público a importância da charanga – a banda do circo –, os palhaços Chimpa, Filomeno, Pompeu e Lechuga mostram habilidades acrobáticas, números de mágica, batalhas, canções e muita brincadeira. Tendo a música como fio condutor, o espetáculo Charanga da Tramp da Cia. Tramp de Palhaços, apresenta os principais elementos de um circo, resgata grandes nomes da arte circense brasileira e ajuda a preservar o legado dessa manifestação artística popular.

Literatura
Em um espaço lúdico e aconchegante que remete ao fundo do mar, artistas do Coletivo Foca leem com o público livros diversos da literatura infantojuvenil, estimulando a criatividade e a imaginação por meio da leitura feita com afetividade. É a medição de leitura Um mar de histórias.

Artes visuais e Tecnologias
Com matriz de madeira, duas cores de tinta gráfica, rolo e prensa, os artistas do grupo Xilomóvel ministram a oficina Impressão de Xilogravuras. Na atividade, os participantes produzem gravuras únicas e personalizadas, num ambiente de aprendizado que estimula as trocas, as conversas e a criatividade. Formado em 2009, o coletivo com sede na cidade de Campinas já visitou mais de setenta cidades em seis estados brasileiros em ateliê itinerante.

Na atividade lúdica Construção e invenção de brinquedos sonoros, a dupla de artistas, pesquisadores e educadores Karla Silva e Rafael Palmieri, do Ateliê Passarada, usa materiais inusitados para construir instrumentos musicais de efeitos percussivos e de sopro. Canos de conduíte, tecidos e fitas, entre outros, dão origem a apetrechos como a roda de chuva, o reco maracá, a cobra dos ventos e as trombetas mágicas.

Central de Relacionamento Itinerante
No dia em que o Circuito acontece, em cada cidade também haverá um ponto de atendimento aos trabalhadores das empresas do comércio de bens, serviços e turismo e seus familiares para a emissão imediata e gratuita da Credencial Plena, seja pela primeira vez ou pedido de renovação. A relação completa de documentos necessários está disponível em sescsp.org.br/credencialplena.