Widget Image
Secretarias
13/07/2024
HomeNotíciasItu passa a ter Semana da Conscientização do Fluxo Saudável

Itu passa a ter Semana da Conscientização do Fluxo Saudável

Imagem mostra o prefeito Guilherme Gazzola junto a vereadora Célia Rocha, a secretária municipal de Cultura e do Patrimônio Histórico, Sabrina Souli, a secretária municipal adjunta de Educação, Sílvia Sório, a chefe de Gabinete do Fundo Social de Solidariedade (Funssol), Viviane Aparecida de Jesus, e o secretário municipal de Emprego, Olavo Volpato com a lei municipal que “institui a Semana da Conscientização do Fluxo Saudável” em mãos

O prefeito Guilherme Gazzola sancionou a lei municipal, de autoria da vereadora Célia Rocha, que “institui a Semana da Conscientização do Fluxo Saudável” em Itu e, recentemente, se reuniu com pessoas envolvidas com essa causa em Itu. A vereadora Célia Rocha, a secretária municipal de Cultura e do Patrimônio Histórico, Sabrina Souli, a secretária municipal adjunta de Educação, Sílvia Sório, a chefe de Gabinete do Fundo Social de Solidariedade (Funssol), Viviane Aparecida de Jesus, e o secretário municipal de Emprego, Olavo Volpato, também participaram dessa reunião.

Segundo a propositura, anualmente, durante a terceira semana do mês de maio, será desenvolvida a “Semana de Conscientização do Fluxo Saudável”, que passa a integrar o calendário oficial de eventos do município. Durante a “Semana de Conscientização do Fluxo Saudável” podem ocorrer rodas de conversas, palestras seminários e oficinas voltadas para a promoção da saúde menstrual e desmistificação do tema, reforçando e gerindo políticas públicas.

A iniciativa tem por objetivo: reconhecer a vulnerabilidade de mulheres quanto ao acesso de informações e itens básicos de higiene íntima; fomentar a prática de condições seguras e efetivas da higiene menstrual; sensibilizar a sociedade sobre a importância do cuidado da saúde menstrual; conscientizar sobre a importância da saúde menstrual para a saúde da mulher; desmistificar a temática junto à sociedade.

De acordo com a assistente social Renata Ferreira, uma das idealizadoras do debate e defensoras da causa em Itu, em breve haverá uma reunião para definir ações que promovam a conscientização do fluxo saudável.