Widget Image
Secretarias
27/02/2024
HomeCulturaDia da Cultura e da Paz é celebrado em Itu

Dia da Cultura e da Paz é celebrado em Itu

Imagem mostra em ângulo baixo, de várias pessoas com as mãos levantadas, sendo elas em foco, referindo-se ao Dia da Cultura e da Paz.

A cerimônia, realizada no Marco Zero, representa a união de todas as artes, ciências e religiões dentro da cultura

A Prefeitura de Itu, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Patrimônio Histórico, realizou neste domingo (30/07), o culto ecumênico em celebração ao Dia da Cultura e da Paz, no Marco Zero, em frente à Igreja Bom Jesus. A celebração contou com diversas apresentações artísticas e culturais, com o objetivo promover o respeito entre a diversidade étnico-racial, religiosa e cultural.

Representando o prefeito, Guilherme Gazzola, o secretário municipal de esportes, Gilmar Dias Pereira, abriu a cerimônia reforçando a importância da celebração como um ato de tolerância e de amor: “A cultura vai além de todos os obstáculos, partidos políticos, preconceitos e intolerância. Ocupar a cidade com manifestações como essas ressaltam o significado dessa data”.

Esta celebração é motivada pela proximidade com a data de 25 de julho, que foi instituída como dia da Cultura e da Paz através do pacto internacional Roerich ou pacto da paz, em 1935 nos Estados Unidos, prevendo a proteção de todas as instituições artísticas, científicas e monumentos históricos. A data possui o objetivo de sustentar a tríade da tolerância, do amor e do perdão, representando a união de todas as artes, todas as ciências e todas as religiões, dentro da cultura.

Outra homenagem realizada durante o evento, foi a entrega de certificados aos alunos do grupo de capoeira “Filhos da Coral”, em homenagem as suas participações e desempenho durante o Campeonato de Capoeira Sesc de Sorocaba.

A secretária municipal de Cultura e do Patrimônio Histórico, Sabrina Souli, finalizou as atividades destacando que cidade de Itu é rica em diversidade cultural, e cada manifestação é uma contribuição valiosa para a formação de uma sociedade plural e inclusiva. “É por meio da cultura que fortalecemos nossos laços, preservamos nossa memória e enriquecemos nosso conhecimento”, finalizou.

A cerimônia também contou com a participação da secretária de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Verônica Sabatino, representando as diversidades étnico-raciais, religiosos, sexuais e culturais, Rosália Maria Rodrigues de Campos, e representando os povos indígenas, Ronildo Marcolino e grupo indígena Awapeteinju, e outros representantes.