Widget Image
Secretarias
27/05/2020
HomeGestões AnterioresRacionamento será mantido até que represas estejam totalmente recuperadas

Racionamento será mantido até que represas estejam totalmente recuperadas

Alguns pontos da cidade recebem água por períodos mais prolongados para manter a pressurização da rede, informa concessionária

LEGENDA: Foto mostra uma das represas da Bacia do Santo Antonio, ainda com nível muito baixo apesar das chuvas. Imagem foicaptada na tarde desta quarta-feira 12/11

O sistema de racionamento de água em Itu vai ser mantido até que a situação dos mananciais que abastecem a cidade esteja confortável. Mesmo com as chuvas registradas neste início de novembro, que chegaram a 184mm, as represas que compõem as bacias hidrográficas do município apresentam, em média, com apenas 50% de sua capacidade de armazenamento preenchida, informa a concessionária Águas de Itu. Com a expectativa da ocorrência de mais chuva nas próximas semanas, a concessionária mantém a operacionalização do rodízio, disponibilizando água pela rede de distribuição em dias alternados, respeitando a divisão dos bairros da cidade em dois grupos e reforçando o atendimento pontual com caminhões-pipa nas regiões mais altas.

A situação dos mananciais foi discutida pelo Comitê de Gestão da Água de Itu, composto por representantes da Prefeitura, concessionária e Agência Reguladora (AR-Itu) e sociedade civil. “O momento ainda é delicado e é importante que a população continue colaborando, usando a água de forma racional e sem desperdícios”, destaca o coordenador da Defesa Civil Municipal e porta-voz do Comitê, Marco Antonio Augusto.

A concessionária informa que alguns pontos da cidade estão recebendo água por períodos mais prolongados. Isso acontece devido a manobras que aumentam a pressurização da rede visando atender pontos altos, mais sensíveis ao rodízio. No entanto, a frota de caminhões-pipa, com veículos contratados pela concessionária e também os contratados pelo poder público, por meio de convênio com a Defesa Civil do Estado, continua operando diariamente.

Paralelamente, a concessionária mobiliza nesta semana dez equipes de manutenção da rede de água que atuam nas ruas para atender o aumento das ocorrências de vazamentos, verificados após disponibilidade de maior pressão nas redes.

Obras para captação no Mombaça e Pau D´Alho e de desassoreamento

Ao mesmo tempo em que as represas começam a se recuperar do longo período de estiagem que atingiu a cidade, com a efetiva chegada do período de chuvas, a concessionária Águas de Itu dá continuidade ao trabalho de implantação da adutora de captação de água dos ribeirões Mombaça e Pau D´Alho. O assentamento dos tubos prossegue tanto na área urbana quanto na rural. Dos 22,5 quilômetros de extensão da adutora, cerca de 9 quilômetros de tubos já foram instalados.

Os trabalhos para o início do desassoreamento das represas também continuam, com a preparação dos acessos de máquinas e caminhões. A ação, instalada nesta semana na represa do Fubaleiro, objetiva aumentar a capacidade de reservação de água dos mananciais que auxiliam no sistema de abastecimento do município.

BOX

Legislação prevê fiscalização e multa contra desperdício

A volta das chuvas e a recuperação, ainda que parcial das represas que abastecem o município, fizeram com que alguns moradores mudassem seu comportamento em relação ao uso racional da água. Apesar dos alertas da concessionária Águas de Itu e do poder público de que o sistema de racionamento continua em vigor, há moradores que se utilizam de mangueiras para lavar calçadas, garagens e veículos.

Para combater o desperdício, a Agência Reguladora alerta para a existência de legislação específica. A Lei Municipal nº 1078/2009 prevê fiscalização pelo Executivo Municipal, em parceria com a concessionária. Em caso de reincidência do uso inadequado ou desperdício, constatado pela fiscalização, será aplicada multa no valor de 10% sobre o valor registrado no consumo de água do mês anterior.

De acordo com a Agência Reguladora, o objetivo não é punir, mas conscientizar as pessoas para gravidade da situação que o município ainda está enfrentando em função da severa estiagem.

Denúncias

A população ituana pode colaborar, denunciando casos de desperdício de água, para que sejam apurados. Esse trabalho é feito com o apoio da Guarda Civil Municipal que, num primeiro momento orienta o infrator e, em caso de reincidência, elabora a ocorrência. Denúncias podem ser feitas pelos telefones 199 (Defesa Civil/GCM), 0800 7224827 (Águas de Itu), ou pelo email da Agência Reguladora, que é o [email protected].

“O racionamento não foi suspenso, nossos mananciais ainda não estão recuperados e ainda que já estivessem, não podemos desperdiçar água de forma alguma, muito menos lavando calçadas ou veículos”, reforça o porta-voz do Comitê, Marco Antonio Augusto.