Widget Image
Secretarias
21/09/2019
HomeGestões AnterioresItu é uma das 90 cidades da América Latina a participar de importante discussão ambiental

Itu é uma das 90 cidades da América Latina a participar de importante discussão ambiental

A secretária de Meio Ambiente de Itu, Patricia Otero, esteve na última terça-feira (10/11) em Campinas, participando da divulgação dos resultados do CDP Driving Sustanable Economies, Cities Latin America 2015. Os dados constaram de um mini-documentário que citou Itu com dados positivos em relação a medidas ambientais para conter os efeitos das mudanças climáticas.

O mini-documentário foi produzido pelo CDP, uma organização internacional, sem fins lucrativos, que fornece o maior e mais completo sistema global de divulgação ambiental, com o objetivo de motivar empresas e cidades a medirem e divulgarem seus impactos sobre o meio ambiente e recursos naturais para, dessa forma, descobrir maneiras de reduzi-los.

O programa oferece uma plataforma global, que gera indicadores e que permite que os governos de cidades divulguem publicamente os seus dados sobre emissões de gases do efeito estufa, a análise de riscos das alterações climáticas, oportunidades e planos de adaptação.

A apresentação dos dados coletados em 90 cidades latino-americanas foi realizada no espaço Café Filosófico da CPFL, com as presenças da diretora do CDP, Juliana Lopes, além de convidados de várias Secretarias de Meio Ambiente, segmentos ambientais e de responsabilidade social. Na ocasião as cidades receberam o certificado de participação do programa CDP Cities 2015.

Nesse ano, mais de 300 cidades em todo o mundo reportaram seus dados climáticos por meio do sistema do CDP. As 90 cidades da América Latina participantes da edição de 2015 abrigam mais de 112 milhões de pessoas, o que equivale a mais da metade da população brasileira. No Brasil mais de 55 cidades forneceram dados e conhecimentos a partir de suas próprias experiências com as mudanças climáticas.

Esse conjunto de dados de valor inestimável – que inclui megacidades como Rio de Janeiro, Buenos Aires, Lima e cidades de pequeno porte como Capivari, Mairiporã ,  Aparecida e Itu – oferece uma visão sobre os riscos e oportunidades que as cidades enfrentam devido ao aquecimento global.

O documentário apresentou, ainda, resultados positivos de algumas cidades, que trabalham para se adaptar e conter os efeitos das mudanças no clima e do efeito estufa. Os dados fornecidos pelas cidades contêm informações valiosas sobre as estratégias em relação à mudança climática com o objetivo de direcionamento de ação e de investimentos rumo a uma economia sustentável.

O evento contou com palestra do pesquisador do Inpe e do IPCC, Professor José Marengo, que apresentou dados do aquecimento do planeta e seus reflexos sobre a América Latina, destacando a crise hídrica. “Os indicadores consolidados nos estimulam a executar ações  urgentes para desacelerar o aquecimento global e enfrentar as consequências  das mudanças climáticas.

De acordo com o palestrante, Professor José Marengo, as alterações nos padrões do clima exigem mudanças globais de comportamento”, comentou a secretária de Meio Ambiente de Itu, Patricia Otero. O CDP trabalha com investidores, empresas e governos para promover a transparência e catalisar a ação para uma economia sustentável, prevenir mudanças climáticas e proteger os recursos naturais.

Texto: Decom

Foto: Secretaria de Meio Ambiente de Itu

(13/11/2015)