Widget Image
Secretarias
29/05/2022
HomeSaúdeHospital Municipal tem aprovação de até 96% e amplia atendimento mesmo na pandemia

Hospital Municipal tem aprovação de até 96% e amplia atendimento mesmo na pandemia

Em funcionamento há 3 anos, o Hospital Municipal de Itu “Dr Emílio Chierighini” divulga o resultado de pesquisas aplicadas junto aos pacientes e ou responsáveis, apresentando elevados índices de aprovação. Além do excelente desempenho dos serviços prestados, o Hospital Municipal se destaca pela ampliação de atendimentos mesmo durante a pandemia.

O atendimento de fisioterapia foi considerado ótimo por 96% dos participantes da pesquisa, o atendimento de serviço social alcançou 88%, e o transporte de ambulância recebeu a mesma avaliação de 84%.

Também foram classificados como ótimo os atendimentos médicos (80%) e da enfermagem (81%). A equipe multidisciplinar foi aprovada com ótimo em relação à orientação ao paciente/acompanhante (82%). Outros serviços foram igualmente elogiados e obtiveram a mesma classificação, assim como o serviço de exame de imagem (77%) e a instalação e acomodação oferecidas (73%).

A aprovação mantém índices positivos quando os pacientes são questionados sobre os serviços prestados pelo Centro de Diagnósticos por Imagem. A classificação ótimo é válida para diversos tópicos como atendimento, orientação e o serviço de exame de imagem especificamente.

Ampliação de atendimentos
Um balanço das atividades indica que os atendimentos foram ampliados, especialmente a partir do início da pandemia de Covid 19, decretada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em março de 2020. O cenário requereu adaptações no referido equipamento que destinou uma ala para atendimento Covid, porém sem deixar de lado as realizações de cirurgias e exames, inclusive em maior quantidade do que no período pré-pandêmico.

Os registros da Secretaria Municipal de Saúde apontam que no segundo semestre de 2019 foram realizadas 353 cirurgias e, em 2020, 1.448 cirurgias em diversas especialidades como urologia, vascular, odontologia, ortopedia, pediatria e oftalmologia. Em 2021 foram 2.034 cirurgias, um aumento de mais de 40% se comparado ao ano de 2020. Atualmente, não há fila de espera de cirurgias pediátricas que podem ser atendidas pelo município, ou seja, que não dependem de leito de retaguarda em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica.

Em 2021 foram realizados ainda 56.481 exames laboratoriais entre pacientes da Clínica Médica e da UTI. O Centro de Diagnósticos por Imagem, instalado junto ao Hospital Municipal em outubro de 2019, com equipamentos com tecnologia de ponta, também apresentou número expressivo de exames realizados no ano passado: 29.053. Nesse montante estão inclusos os seguintes exames: tomografia computadorizada, radiologia, ultrassonagrafia, Doppler, ecocardiograma infantil e adulto, colonoscopia, endoscopia e eletroneuromiografia.

Infraestrutura
A infraestrutura do hospital está composta pelo Centro Cirúrgico (duas salas cirúrgicas e duas salas de RPA – recuperação pós anestésica – com cinco leitos); UTI (oito leitos de alta complexidade); enfermeira Clínica Médica/Clínica Cirúrgica (22 leitos de enfermaria e um de retaguarda); Serviço de Apoio Diagnóstico Terapêutico – SADT (um leito de RPA).

A equipe que atua no hospital é multidisciplinar, formada por médicos, enfermeiros, farmacêutica clínica, nutricionista, fisioterapeuta, assistente social, pessoal do administrativo e da limpeza. Os profissionais, que contam com apoio psicológico, desenvolvem importantes ações de humanização que tornam o ambiente hospitalar mais acolhedor.

A preocupação e respeito com o paciente e respectiva família não se resumem ao âmbito hospitalar. O Hospital Municipal de Itu trabalha com o conceito de alta hospitalar segura. As orientações que devem ser seguidas na residência do paciente são transmitidas pela equipe multidisciplinar no ato da alta. De forma detalhada, os profissionais prestam orientações diversas como nutricionais, de fisioterapia e de enfermagem (quanto aos cuidados com sondas e curativo de traqueostomia), de acordo com a necessidade cada caso.

Há também dispensação de aparelhos/materiais necessários para cuidados domiciliares e treinamento do uso, além de encaminhamentos, sempre que for indicado pelos profissionais da equipe do Hospital Municipal.