Widget Image
Secretarias
24/06/2019
HomeGestões AnterioresÁguas da República será a nova concessionária dos serviços de água e esgoto em Itu

Águas da República será a nova concessionária dos serviços de água e esgoto em Itu

Anúncio oficial aconteceu durante entrevista coletiva realizada na tarde desta terça-feira na Prefeitura
 
O Grupo Águas do Brasil, holding que opera 13 concessões em 15 municípios (nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Amazonas), assumirá os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário da cidade de Itu. O anúncio oficial foi feito pelo prefeito Antonio Tuíze na tarde desta terça-feira (19/08), em entrevista coletiva concedida no Gabinete.

Na coletiva de imprensa também estiveram presentes o vice-prefeito Neto Beluci, o presidente do Legislativo ituano, Dr. Marco Aurélio Bastos, os vereadores Eduardo Ortiz, Hermes Jabá, Josimar Ribeiro, Marquinhos da Funerária, Nair Langue, Olavo Volpato, professor Feital, Sérgio Castanheira e Zelito do Quiosque além do superintendente da Agência Reguladora dos Serviços Delegados (AR-Itu), Maurício Dantas. O Grupo Águas do Brasil foi representado por seu presidente Cláudio Abduche, pelo diretor Carlos Henrique Cruz Lima e pelo superintendente Ivan Mininel.

Na ocasião, o prefeito de Itu, Antonio Tuíze, informou que já nesta semana o sistema de abastecimento passará a contar com um reforço de 2 milhões de litros de água por dia, visando manter o cronograma de racionamento adotado pela concessionária. Essa medida é resultado da primeira reunião de trabalho entre equipes da Prefeitura, Agência Reguladora e representantes da empresa Águas de Itu e do Grupo Águas do Brasil, ocorrida pela manhã.

Além disso, foram destacadas outras três ações prioritárias: investimentos anunciados de R$ 30 milhões para aumentar a vazão de água no município, com a captação nos ribeirões Mombaça e Pau D’Alho, o desassoreamento das represas Fubaleiro e Itaim e a ampliação e melhoria na qualidade do atendimento aos munícipes.

A concessionária passará a se chamar Águas da República, numa referência histórica da cidade, já que Itu teve grande importância no processo que conduziu à proclamação da República do Brasil, em 1889. A nova denominação foi uma sugestão do próprio prefeito de Itu e prontamente acatada pelo Grupo Águas do Brasil.

Tuíze se empenhou pessoalmente na solução da questão do saneamento, em especial do abastecimento de água. Foram aplicadas todas as medidas cabíveis à concessionária e, quando ela decidiu negociar a empresa, o prefeito acompanhou o interesse de vários grupos do setor em assumir a concessão. Ele visitou várias concessões, em diferentes municípios, para ver qual seria a melhor alternativa para Itu.

Dentre os interessados, o Grupo Águas do Brasil mostrou-se mais credenciado para enfrentar esse desafio e recebeu a anuência do chefe do Executivo para que a transação fosse realizada. “O Grupo destaca-se por seu histórico de êxito no gerenciamento de crises hídricas e saneamento em geral. É óbvio que a mesma diligência que tivemos até aqui terá continuidade em relação aos serviços da nova empresa”, reforça Tuíze.

Durante a coletiva, o presidente do Grupo Águas do Brasil, Cláudio Abduche, declarou que “operar os serviços de abastecimento de água em Itu é um grande desafio, no entanto, nossa a holding tem experiência e capacidade técnica para trazer soluções no fornecimento de água e esgotamento sanitário da cidade”.  Dentre os cases de sucesso, o empresário destacou a universalização do abastecimento de Niterói e a estabilização da operação de água de Manaus.

A holding assumirá o sistema assim que obtiver autorização do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). A empresa já tem todo mapeamento da situação e das demandas do município e desde já, por determinação do prefeito Tuíze, passa a acompanhar as atividades da concessão. A realização de algumas obras depende ainda da outorga expedida pelo Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) e das licenças de instalação das elevatórias, emitidas pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), que já foram solicitadas.

“Ainda este ano, a população de Itu verá resultados práticos do trabalho do Grupo na área de abastecimento na cidade. Não tenho dúvida de que o cenário, em pouco tempo, será outro”, garante o engenheiro Ivan Mininel, que responderá pela superintendência da Águas da República.