Widget Image
Secretarias
04/03/2021
HomeSaúdeTécnica de enfermagem do Hospital de Campanha é a primeira pessoa vacinada em Itu

Técnica de enfermagem do Hospital de Campanha é a primeira pessoa vacinada em Itu

Uma mistura de emoção e esperança, seguida de aplausos e lágrimas, marcou o momento em que a técnica de enfermagem Rose Neves Cintra foi vacinada, nas dependências do Hospital de Campanha, na manhã desta quarta-feira (20/01), em Itu, a primeira cidade da região a iniciar a campanha de vacinação. Rose, que recebeu a primeira dose da vacina contra Covid 19 no município de Itu, tem 52 anos, e atua no Hospital de Campanha desde que o mesmo foi inaugurado.
Funcionária da Prefeitura de Itu há 20 anos, com passagens por Unidade Básica de Saúde (UBS) e Pronto Atendimento Municipal (PAM), Rose é formada em Auxiliar de Enfermagem pela Escola Saúde e Vida e em Enfermagem pelo Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio (Ceunsp).
Embora diabética e, portanto, grupo de risco, Rose nunca teve medo de enfrentar a Covid 19 e se prontificou a atender a população ituana na linha de frente. Ela afirma que não pensou nos riscos, e sim no trabalho e em salvar vidas. “Fiz da minha fé, o meu escudo”. Comenta que a pandemia revelou o que realmente são o amor e a gratidão.
Defensora de vacinas, Rose as classifica como direito e dever ao mesmo tempo, pois se trata de um cuidado individual e também coletivo. “Essa vacina é esperada por muitos e rejeitada por muitos. Mas, devemos aceitar tudo o que está sendo construído de bom para combater essa doença”. E aconselha que a população contemplada pela campanha receba a vacina e incentive a imunização, além de manter os cuidados sanitários necessários.
A secretária municipal de Saúde, Janaina Guerino de Camargo, que na oportunidade também representou o prefeito Guilherme Gazzola, e alguns funcionários da saúde presenciaram a aplicação da primeira vacina. Guilherme Gazzola, que recentemente testou positivo para Covid 19 e encontra-se em isolamento social, declarou que todos os que, como ele, acreditam na Ciência, estão esperançosos com o início da imunização e, consequentemente, de um novo tempo.
Para Janaina, a imunização revela um novo cenário para a pandemia e especificamente, a partir dessa data, mais proteção para esses profissionais que, de forma incansável, têm se dedicado ao longo de meses com o objetivo de salvar vidas. Enfatizou que todos os protocolos sanitários – como uso de máscaras de proteção, distanciamento social, constante higienização das mãos -, ainda são primordiais e não devem ser abandonados mesmo com a vacinação.
A primeira vacina foi aplicada pela enfermeira responsável pelo Hospital de Campanha, Luciana Maria Nunes Lelli. Formada em Enfermagem pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas em 1998, coordenou em Itu o serviço de Atenção Básica e o Ambulatório de Moléstia Infecciosas – AMI “Maria Helena Corrêa Pompeu”, sendo conhecida pelos colegas de profissão e pacientes do referido equipamento devido ao trabalho que desenvolveu na informação, orientação, diagnóstico e tratamento das Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). Ainda na graduação, no ano de 1995, Luciana iniciou a carreira como auxiliar de enfermagem no Pronto Socorro Adulto do Hospital e Maternidade Dr Celso Pierro, na cidade de Campinas.

Números
A cidade de Itu recebeu 1840 doses de vacina, que serão aplicadas em profissionais da saúde que atuam na linha de frente (Hospitais e Unidades de Atendimento Covid). Esses profissionais serão vacinados in loco pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde e foram priorizados nessa primeira etapa da vacinação.
A Secretaria Municipal de Saúde estima vacinar aproximadamente 3.500 profissionais da saúde – incluindo os da linha de frente – já cadastrados nos bancos de dados da pasta. Toda a logística e planejamento para a vacinação foi previamente elaborado pela referida Secretaria, que anunciará as demais etapas de imunização, seguindo orientações de órgãos superiores e conforme o recebimento de doses da vacina.